maio 30, 2018

PALESTRA SOBRE VIDA ACADÊMICA

Para palestrar sobre um tema é necessário ter compreensão sobre o assunto que deseja abordar. Mas alguns fatores externos podem influenciar durante a apresentação. Se programar com máxima antecedência para ter uma fala objetiva e clara é fundamental para uma palestra concisa. Quando fui convidado para falar sobre a graduação para uma turma de adolescentes do último ano do Ensino Médio da rede pública pensei que deveria abordar duas perspectivas: do ponto de vista do funcionamento de uma instituição pública e a das oportunidades da vida acadêmica. Antes disso, as únicas informações que foram me passadas eram de que seria num formato mais intimista e que não precisaria usar slide. Com isto fui maquinando como poderia contribuir oferecendo um conteúdo de boa qualidade. Registrei abaixo o meu processo criativo de como organizar uma palestra:

A abordagem do tema

No meu caso, o evento se tratava do 6º Colóquio das Profissões, na Escola de Referência Poeta Mauro Mota, em Jaboatão. A mesa-redonda tinha como tema "Sou da Geração Z: sou uma metamorfose ambulante" mediada pelo professor Ricardo Pinto, e contou com a apresentação de outros graduandos de várias instituições de ensino superior.
A medida que meus colegas de palco se
apresentavam falando suas experiências, foi ficando clara a certeza de que eu acrescentaria mais aos alunos se falasse também do funcionamento de uma universidade publica. Então, a partir do tema de metamorfose, iniciei o meu discurso falando do impacto de sair diretamente da vida escolar para a vida acadêmica, e se deparar com um mundo chamado Cidade Universitária. Falei dos aspectos administrativo e estrutural da UFPE, como também o funcionamento dos cursos da graduação e do choque no processo de adaptação para a vida acadêmica.

O perfil do público

Com o tema alinhado, a linguagem usada é um fator importantíssimo. Era preciso abandonar quaisquer resquícios de formalidades e falar a língua comum aos jovens de dezesseis anos. Além disso, interagir com o publico perguntando se eles têm dúvidas ou querem contribuir com algum comentário, ajuda na troca de interação de todos para todos. É também uma forma de dizer que estava interessado em saber mais sobre eles, e sobre as questões que eles têm e que talvez, com a minha experiência de vida acadêmica possa de alguma forma ajuda-los. Estar atento ao público, respondendo as perguntas com objetividade e clareza contribui para uma plateia satisfeita com a sua apresentação.

O uso de recursos externos

Neste caso em especifico não foram necessários usos de aparelhos para enriquecer a apresentação devido ao caráter intimista do evento. Embora em muitas apresentações, o uso de slide, por exemplo, pode ser um fator determinante para uma boa apresentação ou uma apresentação que não agrega. Por isso é importante saber o ambiente físico onde será a palestra, qual perfil do público, qual a linguagem que deve ser usada e se será necessário recursos externos para incrementar a apresentação.


Oi, tudo bom? Se você chegou aqui realmente deve estar interessado no meu trabalho. Espero que eu tenha alcançado as suas expectativas ou quase lá. Esse aqui foi mais um trabalho feito com todo o amor e dedicação. Espero que assim como eu, você tenha aprendido algo. Vamos conversas nas redes sociais?

0 comentários:

Postar um comentário

O que você pensou a respeito desta publicação?

Tem interesse de trabalhar comigo?

Contato
Fabson Gabriel
+55 81 98523 8538
Recife, PE - Brasil